Petróleo Brent cai a mínima de quase 4 anos com sinalização da Arábia Saudita

segunda-feira, 13 de outubro de 2014 09:15 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O preço do petróleo Brent caiu abaixo de 88 dólares por barril nesta segunda-feira, no menor patamar em quase quatro anos, depois que importantes produtores do Oriente Médio sinalizaram que irão manter a produção elevada mesmo que isso signifique preços mais baixos.

A Arábia Saudita informou de maneira privada a agentes do mercado que pode aceitar preços do petróleo entre 80 e 90 dólares por barril, disseram fontes do setor à Reuters.

O ministro de petróleo do Kuweit, Ali al-Omair, disse no domingo que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) provavelmente não irá reduzir a produção para sustentar preços.

"À luz destes comentários, ninguém deve esperar qualquer corte de produção da Opep antes da reunião do grupo em 27 de novembro", disse o analista-chefe de commodities da SEB, em Oslo, Bjarne Schieldrop.

A Opep irá reunir-se no mês que vem para discutir volume de produção, e alguns analistas esperavam que o grupo indicasse redução na oferta antes disso.

O Brent tocou o menor valor desde dezembro de 2010, a 87,74 dólares por barril no início das negociações desta segunda-feira, mas recuperou-se parcialmente para 88,39 dólares às 8h43 (horário de Brasília), ainda com queda de 2,02 por cento.

O petróleo nos Estados Unidos tinha queda de 1,37 por cento, a 84,64 dólares por barril.

(Por Sam Wilkin)