Produção industrial da zona do euro cai mais que o esperado em agosto

terça-feira, 14 de outubro de 2014 07:27 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A produção industrial da zona do euro caiu mais do que o esperado em agosto, principalmente devido à queda na produção de bens de capital que são usados para investimento, informou a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, nesta terça-feira.

A Eurostat informou que a produção nos 18 países que usam o euro caiu 1,8 por cento em agosto sobre julho e 1,9 por cento sobre um ano antes. Economistas consultados pela Reuters esperavam queda mensal de 1,6 por cento e de 0,9 por cento na base anual.

A Eurostat também revisou para baixo o crescimento da produção industrial em julho para 0,9 por cento sobre o mês anterior, contra 1,0 por cento divulgado anteriormente, e para 1,6 por cento na comparação anual, ante 2,2 por cento.

O principal fator para o resultado foi a queda de 4,8 por cento na produção de bens de capital, que destaca a fraqueza do investimento na zona do euro. Na base anual, a produção de bens de investimento recuou 3,7 por cento, a maior queda entre todos os componentes.

Ministros das Finanças europeus reunidos em Luxemburgo estão debatendo como aumentar o investimento com o objetivo de impulsionar o crescimento econômico na zona do euro, e a Comissão Europeia deve apresentar detalhes de um esquema de investimentos de três anos e 300 bilhões de euros até o final de janeiro.