Banco britânico Aldermore desiste de IPO

quarta-feira, 15 de outubro de 2014 14:41 BRT
 

Por Freya Berry

LONDRES (Reuters) - O banco britânico Aldermore cancelou planos para listar suas ações na Bolsa de Londres, tornando-se a mais recente empresa europeia a desistir dos planos de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) nas últimas semanas.

     A oferta, que poderia avaliar o banco em cerca de 800 milhões de libras (1,3 bilhão de dólares), lança sombra nas perspectivas do Virgin Money, outro banco buscando listagem neste mês.

     "Alguns investidores vieram a nós melancolicamente e disseram: você não poderia ter escolhido um momento pior para um IPO. Mas eles adoraram a história", disse o presidente-executivo do Aldermore, Phillip Monks. Ele acrescentou que o banco ainda tem ambições de se listar.

     Aldermore e Virgin estão entre os chamados bancos que se candidatam a quebrar o domínio dos "Big Five" da Grã-Bretanha --Lloyds, HSBC, Royal Bank of Scotland, Barclays e Santander UK-- que, juntos, representam mais de três quartos dos empréstimos.

     O Aldermore planejava vender cerca de 300 milhões de libras em ações até quinta-feira e estrear na bolsa no dia seguinte. O banco definiu intervalo de preços entre 217 pence e 265 pence por ação, avaliando a empresa em até 870 milhões de libras.

     A previsão de um aumento da taxa de juros nos Estados Unidos e a piora da perspectiva econômica na Alemanha estão entre as razões para vendas de ações que atingiram novos papeis listados na Europa.

     O grupo francês de serviços de energia Spie e a empresa italiana de cosméticos Intercos também desistiram de seus planos de IPO na semana passada.

     O IPO da Virgin Money, dos bilionários Richard Branson e Wilbur Ross, planeja vender 150 milhões de ações, que podem avaliar a empresa entre 1,5 bilhão e 2 bilhões de libras.