Novos medicamentos contra câncer de mama impulsionam vendas da Roche

quinta-feira, 16 de outubro de 2014 09:41 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - A companhia suíça de medicamentos Roche divulgou nesta quinta-feira vendas melhores que o esperado para o terceiro trimestre, impulsionadas por um forte desempenho de novos medicamentos para câncer de mama.

A maior fabricante de drogas para tratamento de câncer do mundo disse que as vendas do grupo subiram 2 por cento, para 11,78 bilhões de francos suíços (12,5 bilhões de dólares), levemente acima da estimativa média de 11,57 bilhões de francos em uma pesquisa da Reuters com analistas.

O forte desempenho dos novos medicamentos para câncer de mama, Perjeta e Kadcyla, ajudaram a compensar a perda de exclusividade da droga de quimioterapida Xeloda e da queda nas vendas do Pegasys, medicamento para hepatite que enfrenta mais concorrência.

A companhia lançou uma série de novos medicamentos caros contra o câncer nos últimos dois anos, com esperanças de que estas versões melhoradas de seus remédios mais vendidos ajudem a defender sua participação de mercado contra versões genéricas de seus medicamentos biotecnológicos mais antigos, conhecidas como "biossimilares".

As vendas do Perjeta, medicamento para mulheres com um tipo particularmente agressivo de câncer de mama, mais que triplicaram, para 245 milhões de francos suíços. As vendas do Kadcyla mais que dobraram, para 144 milhões de francos suíços.

Excluindo o impacto da valorização do franco suíço, as vendas da Roche no terceiro trimestre subiram 5 por cento, em linha com a estimativa da administração de crescimento de um dígito baixo a médio nas vendas deste ano a taxas de câmbio constantes.

A Roche também confirmou meta de que o lucro por ação cresça acima das vendas. A companhia espera aumentar dividendos ante os 7,80 francos suíços por ação pagos em 2013.