Jimmy Choo tem leve alta em estreia na bolsa de Londres

sexta-feira, 17 de outubro de 2014 10:16 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Jimmy Choo avançou em sua estreia na bolsa de Londres, em operação observada de perto pelo mercado depois de uma enxurrada de listagens canceladas em toda a Europa.

O desempenho no mercado de ações da fabricante de sapatos de luxo é visto por muitos como um teste para saber se as próximas ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) podem seguir de pé em meio à fraqueza econômica e à turbulência no mercado.

O cenário levou a francesa Spie e a italiana Intercos a retirarem suas propostas de listagem na semana passada, com a Virgin Money, do empresário Richard Branson, seguindo o mesmo caminho nesta sexta-feira.

As ações da Jimmy Choo abriram em 141 pences quando a negociação condicional começou na London Stock Exchange nesta sexta-feira, um aumento de 0,7 por cento sobre o preço da oferta de 140 pences. Às 09h27 (horário de Brasília), os papéis subiam 0,36 por cento.

A Jimmy Choo atua em um dos segmentos mais fortes da indústria de bens de luxo, o que levou o fundo soberano de Cingapura GIC a assumir uma participação de 4,6 por cento na companhia.

No entanto, seu potencial de crescimento tem sido apresentado aos investidores como parcialmente dependente da expansão na China, onde as rivais Prada e LVMH foram atingidas pelo enfraquecimento da demanda nos últimos meses.

(Por Freya Berry)