Ações europeias têm maior ganho diário em três anos

sexta-feira, 17 de outubro de 2014 14:40 BRT
 

Por Francesco Canepa

LONDRES (Reuters) - O principal índice acionário europeu teve seu maior ganho diário em três anos nesta sexta-feira, com indicadores econômicos fortes sobre os Estados Unidos contribuindo para a recuperação após fortes perdas recentes e especulações sobre mais expansão monetária estabilizando bônus de maior risco da zona do euro.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subiu 2,76 por cento, a 1.280 pontos, maior alta diária desde 30 de novembro de 2011. O volume de negócios do índice chegou ao maior nível desde 15 de junho de 2012, também impulsionado pelo vencimento mensal de opções.

O índice ampliou os ganhos após a confiança dos consumidores nos Estados Unidos avançar em outubro ao nível mais alto em mais de sete anos, e os grupos industriais norte-americanos General Electric e Honeywell divulgarem resultados fortes.

O índice caiu quase 12 por cento durante o mês passado, com dados econômicos fracos da zona do euro levantando a perspectiva de uma nova recessão na região ao mesmo tempo em que o Federal Reserve, banco central dos EUA, encerra suas compras de ativos sem um programa similar na Europa.

"Os preços melhoraram após as baixas recentes", disse o gestor Fadi Zaher, que ajuda a administrar 7,5 bilhões de euros (9,5 bilhões de dólares) em ativos pela Kleinwort Benson.

"No entanto, numa base relativa, as ações europeias não são atrativas pelo risco que elas representam (e) precisam ter um desempenho 10 por cento abaixo dos EUA para se tornarem atrativas partindo dos níveis atuais".

O índice de montadoras saltou 3,5 por cento, com a ação da francesa Peugeot Citroen subindo 7 por cento, após as vendas de carros na Europa crescerem 6,1 por cento em setembro, o décimo terceiro mês de expansão.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,85 por cento, a 6.310 pontos.   Continuação...