Trégua externa faz Ibovespa subir e reverter perdas na semana com ajuda de pesquisa

sexta-feira, 17 de outubro de 2014 18:47 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou em forte alta nesta sexta-feira, seguindo a melhora do mercado internacional, em meio a uma trégua nas preocupações sobre o ritmo de crescimento global.

A divulgação de pesquisa Sensus perto do fim do pregão, mostrando o candidato do PSDB, Aécio Neves, à frente da presidente Dilma Rousseff, que busca a reeleição pelo PT, na corrida do segundo turno da eleição presidencial, fez o Ibovespa ganhos, revertendo a perda na semana.

O principal índice da bolsa paulista teve alta de 2,63 por cento, a 55.723 pontos. Na semana, subiu 0,75 por cento. Até a véspera, a queda acumulada era de 1,8 por cento.

O volume financeiro somou 9,35 bilhões de reais.

Indicadores econômicos e balanços nos Estados Unidos, aliados a comentários de um membro do Banco Central Europeu e ao alívio sobre os últimos desdobramentos na Grécia, aliviaram preocupações com a dinâmica de crescimento global.

"Houve um questionamento sobre o crescimento mundial e agora o mercado externo parou para pensar, disse o gestor Andre Paes, da Infinity Asset, notando que a bolsa nos últimos dias esteve menos correlacionada a fatores internos.

Após tocar a mínima em 13 meses na véspera, o índice europeu FTSEurofirst 300 fechou com a maior alta em três anos, enquanto o norte-americano S&P 500 avançou mais de 1 por cento.

Do front político, repercutiu o agressivo debate entre a presidente Dilma Rousseff e Aécio Neves na quinta-feira, no SBT, com ataques generalizados de ambos os lados.   Continuação...

 
Prédio da Bovespa, em São Paulo. REUTERS/Paulo Whitaker (BRAZIL - Tags: BUSINESS) - RTR2PT2B