Iata melhora estimativa para crescimento do frete aéreo mundial a 4,1% ao ano

quarta-feira, 22 de outubro de 2014 08:33 BRST
 

BERLIM (Reuters) - As perspectivas para a demanda de transporte aéreo de cargas estão melhorando depois de vários anos no marasmo, informou a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), nesta quarta-feira.

A associação que representa a indústria disse que os volumes de frete internacional, um indicador da demanda do comércio global, deverão crescer a uma taxa composta anual de 4,1 por cento nos próximos cinco anos.

"Uma média de mais de 4 por cento de crescimento para os próximos cinco anos seria uma melhoria significativa no desempenho dos últimos anos", disse o diretor-geral da Iata, Tony Tyler, em um comunicado, acrescentando que o crescimento foi em média de apenas 0,63 por cento ao ano desde 2011.

A Iata também disse que os Emirados Árabes Unidos terão substituído a Alemanha como o terceiro maior mercado de frete aéreo em 2018, com os Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos e China contribuindo mais de 1 milhão de toneladas adicionais de frete até lá.

Mais de 6,8 trilhões de dólares em mercadorias, o equivalente a 35 por cento do comércio mundial total, deverá ser transportado por via aérea em 2014.