Moagem de cana acelera e antecipa fim da safra no centro-sul, diz Unica

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 16:11 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O tempo firme no centro-sul do Brasil ajudou nos trabalhos de colheita e moagem de cana na primeira quinzena de outubro, acelerando o fim da safra 2014/15, que teve a produtividade afetada por períodos de seca desde o início do ano, disse nesta quinta-feira a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) em relatório.

O volume de cana processado nos primeiros quinze dias do mês chegou a 39,34 milhões de toneladas, alta de 36,5 por cento ante a quinzena anterior e 25,7 por cento ante a primeira metade de outubro de 2013.

Depois da divulgação do relatório, os contratos futuros do açúcar bruto negociados na bolsa de Nova York ampliaram perdas, fechando com baixa de 2 por cento, com a perspectiva de maior oferta de açúcar no curto prazo.

No acumulado da safra, a quebra de produtividade agrícola chega a 7,2 por cento na comparação com 2013/14, disse a Unica.

"A menor produtividade agrícola e esse avanço da moagem têm antecipado o término da safra em diversas unidades do centro-sul", disse a entidade em nota.

Segundo a Unica, 22 usinas do centro-sul já encerraram os trabalhos desta temporada, contra seis usinas paradas no mesmo estágio da temporada passada.

Essas 22 unidades que terminaram a atual safra até 15 de outubro processaram uma quantidade de cana-de-açúcar 23 por cento menor na comparação com a que esmagaram na safra 2013/14, pontuou a Unica.

O diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, disse que "os números preliminares de outubro mostram que a quebra agrícola deve ser ampliada em São Paulo", Estado que responde por mais da metade da safra de cana do país, nas próximas quinzenas, mas que isso não altera as previsões de moagem.

"Esse cenário já foi contemplado na revisão publicada há dois meses pela Unica, que não pretende divulgar nova estimativa até o final da atual safra", afirmou ele em nota.   Continuação...