Cutrale-Safra eleva proposta para adquirir Chiquita

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 17:55 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A produtora de suco de laranja Cutrale e o grupo Safra elevaram nesta quinta-feira a oferta definitiva para adquirir a Chiquita Brands, em nova tentativa de afundar os planos da empresa norte-americana de bananas de se fundir com a rival irlandesa Fyffes.

O grupo Cutrale-Safra melhorou sua oferta em dinheiro para 14,50 dólares por ação, ante 14 dólares oferecidos em 15 de outubro, avaliando a Chiquita em cerca de 682 milhões de dólares, ou 12,5 vezes seu lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inlgês).

A proposta atualizada representa um prêmio de cerca de 14 por cento ante o preço de fechamento da Chiquita na quarta-feira, disse o Cutrale-Safra em comunicado.

A Fyffes e Chiquita disseram recentemente que o valor presente implícito de seu acordo varia de 15,46 a 20,01 dólares por ação.

O Cutrale-Safra acrescentou que a oferta definitiva pela Chiquita está aberta até 26 de outubro e acrescentou que não poderia haver nenhuma garantia de que a proposta seria estendida ou uma nova seria feita, mesmo se reunião de acionistas na sexta-feira fosse "adiada, suspensa, colocada em recesso, cancelada ou atrasada".

A Chiquita vai analisar cuidadosamente e considerar a nova oferta da Cutrale-Safra, afirmou a empresa em comunicado.

Uma proposta bem-sucedida da Cutrale-Safra poderia expandir os negócios dos bilionários Joseph Safra e José Luis Cutrale para o mercado de frutas tropicais e aumentar seu poder nas negociações com os supermercados.

A Chiquita e Fyffes concordaram em fundir negócios em abril, para criar a maior fornecedora mundial de bananas.

(Por Guillermo Parra-Bernal)