Wall Street fecha em alta por resultados corporativos fortes

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 20:07 BRST
 

Por Yasmeen Abutaleb

NOVA YORK (Reuters) - Os resultados trimestrais da Caterpillar e da 3M impulsionaram a alta das bolsas norte-americanas nesta quinta-feira, mas o movimento foi limitado no fim da sessão, após informações de que um hospital em Nova York está fazendo exames para o Ebola em um profissional da saúde que esteve recentemente na África Ocidental.

O índice Dow Jones subiu 1,32 por cento, a 16.677 pontos, enquanto o S&P 500 teve ganho de 1,23 por cento, a 1.950 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 1,6 por cento, a 4.452 pontos.

Os ganhos do dia colocaram o S&P 500 no maior patamar em duas semanas com os resultados de termômetros industriais reafirmando aos investidores que as empresas podem gerar lucros fortes apesar de preocupações com o crescimento global.

Ainda assim, o S&P terminou o dia cerca de 0,6 por cento abaixo da máxima atingida no intradia, após notícias de que um profissional da área de saúde que voltou da África Ocidental para os Estados Unidos com febre e sintomas gastrointestinais.

"A notícia fez com que quem estava vendendo ficasse mais ativo. Isso se acalmou depois de 20 minutos e o impacto real não será conhecido até amanhã de manhã", disse o diretor-geral de negociação de ações Wedbush Securities, Michael James. "Isso assustou um pouco o mercado."

A Caterpillar, que divulgou lucro acima do esperado e elevou sua projeção para o ano, subiu 5 por cento, a 99,27 dólares. As ações da 3M tiveram alta de 4,4 por cento, para 145,05 dólares. O resultado da 3M foi impulsionado pelas vendas nos Estados Unidos e o presidente executivo da empresa disse que a economia norte-americana "melhorou".

O índice do setor industrial do S&P subiu 2,2 por cento, maior alta setorial do dia.

"Se nós estamos olhando para ventos contrários como o câmbio e a desaceleração do crescimento global, ver multinacionais como a Caterpillar e a 3M superarem de forma sólida as expectativas nos dá confiança de que o crescimento econômico está se sustentando e provavelmente está melhor do que o mercado atualmente espera", disse o estrategista-chefe de ações do Federated Investors, Phil Orlando.   Continuação...