Dólar tem maior queda ante real em quase 1 ano, com especulações eleitorais

sexta-feira, 24 de outubro de 2014 17:24 BRST
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda de mais de 2 por cento nesta sexta-feira, a maior baixa em quase um ano, em meio a especulações eleitorais que levaram investidores a reduzirem as apostas na reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

A moeda norte-americana caiu 2,26 por cento, a 2,4570 reais na venda, maior queda no fechamento desde 18 de novembro de 2013, quando recuou 2,30 por cento. Na véspera, fechou a 2,5137 reais, maior nível em mais de nove anos.

"O mercado não sabia o que fazer para se preparar para a eleição no domingo e acabou reagindo a qualquer boato que circulou", disse o operador de câmbio da corretora Intercam Glauber Romano, para quem a reação dos mercados às eleições, na segunda-feira, deve ser "intensa".

Segundo operadores ouvidos pela Reuters, circularam rumores entre as mesas financeiras de que supostas pesquisas de intenções de voto feitas por bancos teriam sinalizado que a presidente estaria empatada com Aécio Neves (PSDB), preferido dos mercados por prometer uma política econômica mais ortodoxa.

Conforme esses rumores ganharam força, a moeda norte-americana acelerou a queda frente ao real.

Durante toda a manhã, a queda do dólar ficou ao redor de 1 por cento, um pouco abaixo do patamar de 2,50 reais. Segundo operadores, os mercados já vinham se preparando para a reeleição de Dilma Rousseff e, por isso, pesquisas da véspera apontando esse cenário não tiveram grandes impactos nesta sessão.

Na quinta-feira, após o fechamento dos mercados, novas pesquisas de intenção de voto mostraram que Dilma abriu vantagem contra Aécio Neves (PSDB), fora da margem de erro. No levantamento do Datafolha, a atual presidente aparece 6 pontos percentuais acima do tucano, em votos válidos. Já no Ibope, a vantagem é de 8 pontos.

"O que aconteceu é que exageraram ontem", afirmou o estrategista da corretora Coinvalores Paulo Celso Nepomuceno.   Continuação...