Vendas de adubos caem 3,1% no país em outubro após recorde em setembro

terça-feira, 11 de novembro de 2014 16:04 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - As entregas de fertilizantes ao consumidor final no Brasil somaram 3,7 milhões de toneladas em outubro, queda de 3,1 por cento ante o mesmo mês de 2013, informou nesta terça-feira a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

A comercialização de fertilizantes no país ficou cerca de 200 mil toneladas abaixo do recorde mensal de 3,9 milhões de toneladas de setembro de 2014, quando as vendas foram impulsionadas principalmente por produtores de soja, que deverão plantar uma área jamais vista no país na temporada 2014/15.

No acumulado de janeiro a outubro, as vendas somaram 27,44 milhões de toneladas, alta de 5,7 por cento ante o mesmo período de 2013.

Faltando dois meses para o final do ano, as vendas no acumulado de 2014 estão próximas do recorde anual de 30,7 milhões de toneladas, apurado em 2013.

Já as importações de fertilizantes intermediários pelo Brasil, que compra no exterior grande parte de suas necessidades, aumentaram 8,7 por cento em outubro e 11 por cento no acumulado do ano, para 20,4 milhões de toneladas.

A produção de fertilizantes intermediários somou 835,4 mil toneladas em outubro, alta de 2 por cento na comparação anual, e 7,35 milhões de toneladas de janeiro a outubro, queda de 6,5 por cento na mesma comparação.

(Por Roberto Samora)