Após quase 4 anos, Petrobras bate recorde de produção de petróleo no país em outubro

terça-feira, 11 de novembro de 2014 20:34 BRST
 

Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras (PETR4.SA: Cotações) bateu em outubro o recorde de produção mensal de petróleo no Brasil que já durava quase quatro anos, com volumes históricos extraídos do pré-sal, e confirmou que novas unidades entram em operação ainda neste ano.

A estatal produziu 2,126 milhões de barris/dia em média em outubro, alta de 0,4 por cento ante setembro, quando muitos acreditavam que o recorde de dezembro de 2010 seria batido. Em relação a outubro de 2013, a produção subiu 8,5 por cento, impulsionada por novos poços que entraram em operação neste ano, especialmente no pré-sal.

A estatal tem meta de aumentar a produção média neste ano ante 2013 em 7,5 por cento, podendo o variar um ponto percentual para cima ou para baixo, com o amadurecimento de pesados investimentos feitos nos últimos anos.

O aumento da extração no Brasil em 2014 ocorre após dois anos de declínio na produção e outros dois em que a extração teve pequeno crescimento.

Outubro foi o nono mês consecutivo de crescimento da produção de petróleo da companhia no país, ressaltou a Petrobras, observando que a produção do mês passado superou em 4,8 mil barris por dia o recorde anterior.

"O crescimento da produção decorreu, principalmente, do ramp-up (crescimento) da produção dos novos sistemas...", disse a Petrobras, citando, entre outras, as plataformas P-58, no Parque das Baleias (Bacia de Campos); P-55 e P-62, em Roncador (Bacia de Campos); FPSO Cidade de Paraty, em Lula Nordeste (Bacia de Santos); e FPSO Cidade de São Paulo, em Sapinhoá (Bacia de Santos).

No mês de outubro, dez novos poços offshore iniciaram operação nas bacias de Campos e Santos, sendo três produtores e sete injetores. "Com eles, um total de 63 novos poços já entrou em operação no ano de 2014."

O recorde de produção foi obtido apesar de paradas para manutenção de plataformas em outubro, com a interrupção temporária de 68 mil bpd na média do mês. Todas unidades paralisadas no mês passado já retornaram às atividades.   Continuação...