Dow e S&P 500 encerram sequência fechamentos recordes, Apple impulsiona Nasdaq

quarta-feira, 12 de novembro de 2014 20:24 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Os índices Dow Jones e S&P 500 encerraram em leve queda nesta quarta-feira, interrompendo a sequência de cinco fechamentos em máximas recordes, uma vez que ações de energia e de empresas de serviço público caíram, enquanto o Nasdaq subiu.

O índice Dow Jones caiu 0,02 por cento, a 17.612 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,07 por cento, a 2.038 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 0,31 por cento, a 4.675 pontos.

Ações do setor de energia caíram acompanhando os preços do petróleo, com o Brent sendo negociado abaixo de 80 dólares o barril pela primeira vez desde setembro de 2010. Ações da Exxon Mobil caíram 1,1 por cento, a 95,38 dólares enquanto o índice do setor de energia do S&P recuou 0,9 por cento.

O índice do setor de serviços públicos caiu 2 por cento e foi a maior influência negativa no S&P 500, revertendo ganhos recentes. O índice ainda acumula alta de 7,6 por cento no mês.

O S&P 500 subiu mais de 9 por cento desde que atingiu o nível mais baixo em seis meses em outubro, impulsionado por dados econômicos sólidos e balanços corporativos. No ano, o índice acumula alta de 10,3 por cento.

"O ambiente geral realmente mudou de negativo para positivo. Nós tivemos nossa retomada... então os mercados estão consideravelmente tranquilos e eu acho que os investidores estão consideravelmente confortáveis agora", disse o gestor de recursos da Cozad Asset Management Bryant Evans.

Puxando a alta do Nasdaq, as ações da Apple subiram 1,4 por cento, para 111,25 dólares, valor recorde de fechamento. Os papéis do Twitter subiram 7,5 por cento, a 42,54 dólares.

Ações do setor financeiro caíram depois que reguladores globais multaram cinco grandes bancos por não terem impedido que seus operadores tentassem manipular o mercado de câmbio. Entre os bancos está o Citigroup, cujas ações caíram 0,7 por cento.

Entre as altas do dia estão as varejistas, com o índice de varejo do S&P subindo 0,6 por cento. Os papéis da Macy's subiram 5,1 por cento, a 61,57 dólares, depois de a empresa divulgar lucro acima das expectativas.