Lucro líquido da JBS cresce 5 vezes e supera R$1 bi no 3º tri

quarta-feira, 12 de novembro de 2014 20:30 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A brasileira JBS, maior produtora global de carnes, teve lucro líquido recorde de 1,1 bilhão de reais no terceiro trimestre, valor cinco vezes maior que o registrado no terceiro trimestre de 2013, impulsionado pelo resultado operacional, informou a empresa nesta quarta-feira.

De julho a setembro, a geração de caixa da JBS medida pelo lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciações (Ebitda) mais que dobrou, para 3,6 bilhões de reais.

"O desempenho é atribuído aos resultados positivos registrados nas operações de aves, suínos e bovinos nos Estados Unidos e também aos bons números apresentados pela JBS Foods (divisão de aves, suínos e processados no Brasil)", afirmou a empresa em nota.

O resultado operacional das unidades nos Estados Unidos mostrou força, com o JBS USA (bovinos) tendo aumento de mais de 300 por cento no Ebitda, a 504,6 milhões de dólares, enquanto a operação de suínos nos EUA teve Ebitda mais de 150 por cento maior, a 113,3 milhões de dólares. O mesmo indicador da divisão de frango norte-americana atingiu 435,4 milhões de dólares.

A operação de carne bovina nos Estados Unidos, que inclui os resultados da Austrália e do Canadá --a maior divisão da JBS em receita--, apresentou um crescimento das vendas tanto no mercado norte-americano quanto nas exportações, além de um aumento nos preços médios dos produtos comercializados, disse a empresa.

Já a JBS Foods, unidade formada após a aquisição da Seara, da concorrente Marfrig, registrou Ebitda de 576 milhões de reais, aumento de 31 por cento ante o segundo trimestre --não há comparação com o terceiro trimestre de 2013, porque a JBS só assumiu a Seara em outubro de 2013.

A JBS Mercosul, que inclui a unidade de carne bovina no Brasil, teve Ebitda de 554,6 milhões de reais, queda de 15,2 por cento na comparação annual, em um ambiente adverso de preços em patamares recordes da arroba do boi, em meio à oferta restrita de animais prontos para o abate, em parte devido à seca.

A receita líquida global da companhia somou 30,78 bilhões de reais no terceiro trimestre, aumento de 27,1 por cento ante o mesmo período de 2013. Os destaques foram o Mercosul, que registrou aumento na receita de 14,8 por cento, e a operação da JBS USA de carne bovina, com aumento de 24,7 por cento.

Segundo a companhia, as melhoras operacionais apresentadas pelas unidades no Brasil e no mundo ao longo de 2014 também permitiram redução expressiva do grau de alavancagem, indicador que sempre preocupou o mercado, considerando o histórico de grandes aquisições da JBS.   Continuação...