Vendas reais do varejo sobem 3,7% em outubro, aponta índice da Cielo

quinta-feira, 13 de novembro de 2014 14:19 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As vendas do comércio varejista brasileiro tiveram crescimento de 3,7 por cento em outubro, descontada a inflação, em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo índice ICVA apurado pela empresa de meios de pagamento eletrônico Cielo, divulgado nesta quinta-feira.

Pelo indicador de receita nominal de vendas, o varejo cresceu 10,1 por cento em outubro, na mesma base de comparação.

Segundo a Cielo, o resultado de outubro foi positivamente afetado pelo efeito calendário, já que neste ano o mês teve uma sexta-feira a mais e uma terça-feira a menos que em 2013, sendo que o movimento do varejo em uma sexta-feira é cerca de 20 por cento maior que em uma terça.

Além disso, o feriado de 12 de outubro, que em 2013 caiu em um sábado, dia de grande movimento para o comércio, neste ano ocorreu em um domingo, apontou a Cielo. Se não fossem esses efeitos, o ICVA deflacionado teria subido 2,1 por cento.

"Se compararmos esses números com os de setembro, em que o ICVA deflacionado com ajustes de calendário havia registrado um crescimento de 2,9 por cento na comparação com 2013, podemos afirmar que houve uma desaceleração do varejo em outubro", disse Gabriel Mariotto, gerente de Inteligência da Cielo.

O índice da companhia é calculado a partir da base de 1,4 milhão de pontos de venda ativos credenciados à Cielo em todo o Brasil.

SETORES E REGIÕES

De acordo com o índice da Cielo, os setores de alimentação (bares e restaurantes) e supermercados e hipermercados foram os responsáveis pela alta do mês de outubro. Por outro lado, agências e operadores de viagens e companhias aéreas tiveram desaceleração no período.   Continuação...