Polícia de Pequim realiza operação contra bancos clandestinos

sexta-feira, 14 de novembro de 2014 17:55 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A polícia de Pequim fechou mais de dez bancos clandestinos responsáveis por retirar ilegalmente mais de 22,6 bilhões de dólares da China, disse a agência oficial Xinhua nesta sexta-feira.

A polícia prendeu 59 suspeitos, congelou 264 contas bancárias e apreendeu mais de 800 cartões após buscas no centro de Pequim, de acordo com a agência.

A polícia disse que os suspeitos operavam em suas residências e pegaram emprestadas, alugavam ou compravam contas bancárias para comprar 50 mil dólares em moedas estrangeiras por cada conta.

A lei chinesa proíbe indivíduos de transferir mais de 50 mil dólares para fora do país anualmente, mas uma indústria da lavagem de dinheiro tem ajudado nos últimos anos os mais ricos a realizar a operação -- enquanto autoridades têm tido dificuldades para fiscalizar.

(Por Gerry Shih)