Cheques sem fundo no Brasil chegam a 1,97% do total em outubro

terça-feira, 18 de novembro de 2014 12:59 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O percentual de cheques sem fundos em relação ao total de compensados no Brasil atingiu 1,97 por cento em outubro, segundo dados divulgados nesta terça-feira pela Serasa Experian.

O resultado mostra elevação sobre o patamar de 1,84 por cento de setembro, também ficando ligeiramente acima da marca de 1,96 por cento em outubro do ano passado.

No acumulado dos dez primeiros meses do ano, o percentual de devoluções de cheques subiu para 2,06 por cento, acima dos 2,01 por cento de igual etapa de 2013.

Segundo a Serasa, o avanço está ligado ao agravamento do quadro econômico no país, com inflação elevada, juros altos e "reduções localizadas do nível de emprego".

Dentre as regiões do país, o percentual de cheques sem fundo foi maior no Norte, com índice de 4,45 por cento de janeiro a outubro. Na outra ponta, a região Sudeste apresentou o patamar mais baixo, de 1,52 por cento no mesmo período.

(Por Marcela Ayres)