J&J busca indenização de mais de US$5 bi da Boston Scientific em julgamento

quarta-feira, 19 de novembro de 2014 08:05 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Quase uma década depois de perder uma guerra de ofertas pela fabricante de dispositivos Guidant para a Boston Scientific, a Johnson & Johnson finalmente tem a chance de dar o troco em um julgamento multibilionário marcado para começar na quinta-feira.

Um juiz federal de Nova York vai julgar o caso sem júri e decidir se a Guidant, através de sua sucessora Boston Scientific, deve ser responsabilizada por violar um contrato com a J&J.

A J&J busca mais de 5 bilhões de dólares em danos e juros da Boston Scientific, uma soma potencialmente expressiva para uma empresa de valor de mercado de 17,8 bilhões de dólares, conforme dados de terça-feira.

O julgamento em duas partes deve seguir em dezembro, conforme os advogados revisitam detalhes da batalha de nove anos de idade.

As empresas não comentaram o assunto.

A J&J e a Guidant, que fazia dispositivos cardiovasculares, fecharam um acordo para uma combinação em 2004, e mais tarde acordaram um preço de 21,5 bilhões de dólares para o negócio. Para satisfazer as preocupações antitruste, a J&J disse que venderia uma parte do negócio da Guidant à Abbott Laboratories.

O negócio incluiu uma cláusula de "não-solicitação" que proibia a Guidant de buscar ofertas melhores, embora fosse permitido que examinasse propostas não solicitadas.

Antes da fusão ser fechada, a Boston Scientific fez uma oferta de 25 bilhões de dólares e também disse que iria vender ativos para a Abbott. A J&J se convenceu de que a Guidant tinha fornecido a diligência contábil para a Abbott conforme trabalhava na oferta da Boston Scientific, em violação de seu acordo.

Sem esse movimento, diz a J&J, a Abbott não teria entrado no negócio, incapacitando a Boston Scientific de ganhar o que tornou-se uma guerra de ofertas. A Boston Scientific acabou comprando a Guidant por 27 bilhões de dólares, enquanto a J&J recebeu uma taxa de rescisão de 705 milhões de dólares.

(Por Joseph Ax)