Grupos da indústria apresentarão propostas até 1ª semana de dezembro, diz Mercadante

quarta-feira, 19 de novembro de 2014 12:45 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governo quer concluir até o início de dezembro os debates com a iniciativa privada sobre a agenda de competitividade da indústria para que os ministros indicados para o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff assumam os cargos com essas propostas avançadas.

"Esses grupos de trabalho da indústria terão que entregar resultados para as equipes que vão assumir as diversas áreas para que os novos ministros saiam com agenda madura, amarrada", disse o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante em evento no Palácio do Planalto.

Nesta quarta-feira vários ministros e representantes do setor industrial participaram de solenidade no Palácio do Planalto para instalação de grupos de trabalho que farão análise de medidas vinculadas à competitividade do setor industrial.

O prazo para a entrega dessas sugestões será até a primeira semana de dezembro.

Entre os temas em análise constam reforma tributária, desburocratização para funcionamento regular das empresas, ações para estimular investimentos privados, aceleração dos investimentos em infraestrutura e melhoria da ação de órgãos públicos vinculados à regulação.

ACORDOS COMERCIAIS

As negociações comerciais internacionais também integram as discussões para melhoria da competitividade.

"No comércio exterior precisamos acelerar os acordos comerciais internacionais", disse Mercadante.   Continuação...

 
Foto de arquivo do ministro Aloízio Mercadante, durante entrevista à Reuters em Brasília. 07/01/2011 REUTERS/Ricardo Moraes