Fitch coloca ratings de construtoras brasileiras em observação negativa

quarta-feira, 19 de novembro de 2014 19:44 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch colocou nesta quarta-feira as notas de risco de crédito de todas as empresas de construção pesada do Brasil em observação negativa, citando preocupações sobre as repercussões da operação da Polícia Federal que investiga denúncias de corrupção na Petrobras.

A empresa deixou em "credit watch" negativo os ratings das empreiteiras e de seus braços financeiros e de investimento Camargo Corrêa SA, CCSA Finance, Construtora Andrade Gutierrez SA, Andrade Gutierrez International SA, Construtora Norberto Odebrecht SA, Odebrecht Finance Limited, OAS SA, Construtora OAS SA, OAS Investments GmbH, OAS Finance Ltd, Construtora Queiroz Galvão SA, Galvão Participações SA, Galvão Engenharia SA.

"O grau do impacto do ambiente operacional cada vez mais negativo vai variar de companhia para companhia. Mais clareza sobre isso é esperada para dentro de seis meses, com os ratings individuais sendo ajustados de acordo", afirmou a Fitch em comunicado à imprensa.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Luciana Bruno)