Índices recuam após dados fracos sobre setor fabril na zona do euro

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 10:29 BRST
 

Por Alistair Smout

EDIMBURGO (Reuters) - Os principas índices acionários na Europa reucavam nesta quinta-feira, após dados fracos de produção nas duas principais economias da região - Alemanha e França - reavivarem temores sobre as perspectivas de crescimento.

Às 10h21 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 perdia 0,78 por cento, a 1.349 pontos.

Índice dos gerentes de compras (PMI) do Markit para a zona do euro confirmaram um quadro mais sombrio para região, com o dado composto ficando abaixo de todas as previsões apuradas em pesquisa da Reuters.

O PMI composto para a região como um todo, baseado em levantamentos com milhares de empresas e visto como um bom indicador de crescimento, caiu para 51,4 ante 52,1 em outubro.[E6N0S901C]

Os dados saíram após números no início da semana mostrarem que melhora na confianca dos investidores na Alemanha pela primeira vez em quase um ano.

"É decepcionante, especialmente após os números muito mais fortes do que os mercados tinham sido esperado do índice ZEW de sentimento econômico ", disse o analisya de mercado Alastair McCaig, da IG.

O índice Eurostoxx 50 da zona do euro caía 1,2 por cento.

No noticiário corporativo, a ação da ThyssenKrupp, destoava da tendência e subia após a maior siderúrgica alemã informar que irá voltar a pagar dividendos um ano mais cedo do que o previsto, uma vez que divulgou seu primeiro lucro líquido em quatro anos.   Continuação...