Preços ao consumidor dos EUA ficam inalterados em outubro

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 12:00 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Os preços ao consumidor nos Estados Unidos ficaram inalterados em outubro, mas mostraram sinais de que pressões inflacionárias intrínsecas estão começando a influenciar a alta.

O Departamento do Trabalho informou nesta quinta-feira que uma queda de preços da gasolina ofuscou o aumento de custos médicos, contendo o índice de preços ao consumidor no mês passado.

O índice de preços ao consumidor havia aumentado 0,1 por cento em setembro e economistas consultados pela Reuters previam queda de 0,1 por cento em outubro. Nos 12 meses até outubro, os preços ao consumidor têm alta de 1,7 por cento, avançando pelo terceiro mês seguido.

Excluindo os preços de alimentos e energia, o chamado núcleo da inflação, houve alta de 0,2 por cento no mês passado, após elevação de 0,1 por cento em setembro. Em 12 meses até outubro, o núcleo da inflação subiu 1,8 por cento, após alta de 1,7 por cento em setembro.

(Por Lucia Mutikani)