Lucro da Best Buy supera estimativas com recuo de custos

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 15:38 BRST
 

(Reuters) - A Best Buy, maior rede de eletrônicos dos Estados Unidos, teve um lucro acima do esperado com corte de custos e aumento da receita depois de sete trimestres de queda, apesar de esperar que os resultados do atual trimestre permaneçam sob pressão.

As ações da Best Buy, que caíram 11 por cento este ano até o fechamento de quarta-feira da Bolsa de Nova York, subiam 6 por cento nesta quinta-feira.

Para o trimestre atual, a Best Buy disse que espera receita e vendas comparáveis "próximas da estabilidade", enquanto as vendas de dispositivos eletrônicos como telefones celulares devem cair.

A companhia tem enfrentado competição intensa de varejistas online como Amazon.com, com o aumento de consumidores que escolhem comprar online itens como smartphones e laptops.

Os negócios da Best Buy mostraram sinais de recuperação no terceiro trimestre, com o aumento de 2,3 por cento da receita, para 7,99 bilhões de dólares, guiada pela alta demanda por televisores, eletrodomésticos e computadores.

As vendas nas mesmas lojas nos Estados Unidos cresceram 3,2 por cento - a primeira alta em quatro trimestres.

A receita total subiu levemente para 9,38 bilhões de dólares, ante 9,32 bilhões de dólares.

O lucro líquido atribuível a acionistas da Best Buy quase dobrou, para 107 milhões de dólares, ou 0,30 dólar por ação, ante 54 milhões de dólares, ou 0,16 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo itens, a companhia lucrou 0,32 dólar por ação.

Analistas esperavam em média um lucro de 0,25 dólar por ação, sob receita de 9,33 bilhões de dólares, de acordo com a

Thomson Reuters I/B/E/S.