Índice europeu de ações cai com dados mais fracos na zona do euro

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 16:04 BRST
 

Por Blaise Robinson

PARIS (Reuters) - O índice de ações europeu fechou em queda nesta quinta-feira depois que dados mais fracos que o esperado da indústria da zona do euro reacenderam as preocupações sobre a perspectiva de crescimento.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou com queda de 0,3 por cento, aos 1.356 pontos.

Ações de empresas do setor de serviços petrolíferos, prejudicadas pela queda do petróleo, contrariaram a tendência uma vez que a atividade de fusões e aquisições impulsionou as expectativas de consolidação no setor.

Ações da francesa CGG subiram 23 por cento com as notícias de um oferta de aquisição no valor de 1,47 bilhão de euros feita pela rival Technip, uma oferta que foi recusada pela CGG.

"Isto coloca em destaque um setor que está no início de uma onda de consolidação e sob pressão devido ao enfraquecimento dos preços do petróleo. O oferta rejeitada pode abrir a porta para outros pretendentes", disse o gestor de recursos do Barclays na França, Renaud Murail.

Prejudicando o sentimento do investidor nesta sessão estavam os dados mostrando crescimento mais fraco que todas as previsões na atividade industrial da zona do euro e a queda das novas encomendas pela primeira vez em mais de um ano.

Na Ásia, dados mostraram que o crescimento no setor fabril chinês estagnou em novembro, com a produção contraindo pela primeira vez em seis meses.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,26 por cento, a 6.678 pontos.   Continuação...