Brookfield compra por R$1,4 bi ativos da Energisa e Rede Energia

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 19:28 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Energisa e a Rede Energia informaram nesta quinta-feira a venda de ativos de energia, em um total de 488 megawatts, por 1,4 bilhão de reais, para a São João Energética, controlada indireta da Brookfield Renewable Energy Partners.

A Rede Energia, que está em recuperação judicial, receberá 200 milhões de reais e a Energisa, 1,2 bilhão de reais.

"A realização da operação permitirá ao grupo reforçar sua estrutura de capital, após o relevante esforço relacionado à aquisição do Grupo Rede, efetivada em 11 de abril de 2014", disse a Energisa em fato relevante.

O negócio deve ser concluído no primeiro trimestre de 2015, após aprovação dos órgãos reguladores, disse a Brookfield em um comunicado separado.

Com a conclusão da operação, a Energisa espera uma redução de sua dívida líquida consolidada em aproximadamente 2,6 bilhões de reais, além da redução de seu compromisso de investimentos em aproximadamente 200 milhões de reais até março de 2016.

Os ativos vendidos foram SPE Cristina, Energisa Centrais Eólicas e suas subsidiárias de geração eólica, Energisa Bioeletricidade e suas subsidiárias de geração termelétrica, Pequena Central Hidrelétrica Zé Tunin, Energisa Geração Rio Grand, Energisa Geração Vista Alegre II, Energisa Geração Santa Cândida e Tangará Energia.

Dos 488 MW de capacidade instalada anunciados, 115 MW ainda estão em construção.

Após a compra, a Brookfield, empresa com mais de 30 bilhões de reais em ativos no Brasil nas áreas imobiliárias, de infraestrutura, energia renovável e private equity, vai ampliar em 72 por cento a capacidade instalada de geração de energia de suas usinas, passando a 1.158 MW.

(Por Juliana Schincariol)