Dow Jones e S&P 500 fecham em níveis recordes, por dados dos EUA e Intel

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 20:33 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários norte-americanos Dow Jones e S&P 500 encerraram a quinta-feira em máximas históricas, impulsionados por dados que mostraram maior força da economia dos Estados Unidos e previsões otimistas da Intel.

O índice Dow Jones subiu 0,19 por cento, para 17.719 pontos, e o S&P 500 avançou 0,2 por cento, para 2.052 pontos, enquanto o índice Nasdaq Composite subiu 0,56 por cento, a 4.701 pontos.

As ações de tecnologia deram o maior impulso ao mercado, junto com energia. Dando força aos três principais índices, as ações da Intel subiram 4,7 por cento, para 35,95 dólares, atingindo seu maior nível desde janeiro de 2002, depois de a fabricante de chips prever receita em 2015 acima das expectativas de Wall Street e elevar os dividendos.

O índice de tecnologia do S&P subiu 0,6 por cento e o índice de energia avançou 1,1 por cento.

Também deram sustentação ao mercado dados que mostraram que a atividade industrial na região do meio-Atlântico dos EUA subiu em seu ritmo mais rápido em duas décadas, que as vendas de casas usadas atingiram o pico em mais de um ano em outubro e que um indicador da atividade econômica futura nos EUA subiu.

O crescimento econômico e resultados corporativos sinalizam para um bom desempenho das ações no próximo ano, disse a gerente-sênior de portfólio da Wells Capital Management, Margaret Patel.

"O próximo ano será um razoável, talvez um ano surpreendentemente bom", disse ela.

(Reportagem adicional de Rodrigo Campos)