Planalto descarta anúncio de novos ministros nesta sexta-feira

sexta-feira, 21 de novembro de 2014 18:38 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff não irá anunciar nesta sexta-feira os novos integrantes da sua equipe, informou a Secretaria de Comunicação Social do Palácio do Planalto, apesar da grande expectativa em torno dos novos nomes para assumir a área econômica no novo mandato.

O aviso foi dado por meio de mensagem enviada a jornalistas que aguardavam a divulgação dos nomes. "A Secom informa que os nomes dos novos ministros não serão divulgados hoje", disse.

Desde o início do dia, a expectativa era que Dilma anunciasse ainda nesta sexta-feira a nova equipe econômica, composta por Nelson Barbosa, Joaquim Levy e Alexandre Tombini.

Os principais jornais do país informaram, em seus sites, que Levy vai assumir a Fazenda e Barbosa, o Planejamento.

Os mercados financeiros reagiram bem aos nomes, com dólar e juros recuando e Ibovespa subindo mais de 5 por cento.

Dilma passou o dia envolvida com a reforma ministerial. Pela manhã, a presidente se reuniu com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que tem acompanhado todas as negociações sobre as mudanças na Esplanada dos Ministérios.

A presidente também conversou com o ministro interino do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges. As duas reuniões ocorreram no Palácio da Alvorada.

Borges deve ser substituído, segundo uma fonte do governo disse à Reuters, pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE), que já presidiu a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e disputou a eleição para governador em Pernambuco nesse ano e foi derrotado.

Por volta do meio-dia, Dilma foi para o Palácio do Planalto, onde se reuniu com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e com o ex-secretário-executivo da pasta Nelson Barbosa, que deve integrar a nova equipe econômica.   Continuação...