Irã tentará convencer Arábia Saudita a reduzir produção de petróleo, diz agência

domingo, 23 de novembro de 2014 16:09 BRST
 

VIENA (Reuters) - O Irã irá tentar persuadir a Arábia Saudita a reduzir a produção de petróleo quando ministros se encontrarem para a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) agendada para esta semana em Viena, disse neste domingo a agência de notícia semioficial iraniana Mehr, citando uma entrevista do ministro de petróleo do país.

A Opep reúne-se em 27 de novembro para discutir metas de produção, e alguns de seus membros têm pedido nas últimas semanas que seja acertado um corte no bombeamento para estancar a queda nos preços da commodity.

O petróleo Brent já perdeu cerca de 30 por cento do seu valor desde junho, sendo negociado atualmente perto de 80 dólares por barril, devido a uma grande oferta global e ao enfraquecimento da demanda.

"O ministro do Petróleo do Irã irá encontrar-se com seu colega saudita em Viena para persuadir o gigante do petróleo a reduzir sua produção e oferta", disse a Mehr.

Por outro lado, um acordo sobre produção na reunião da Opep desta semana é incerto. A Arábia Saudita, maior exportador mundial de petróleo, ainda não se manifestou sobre um eventual corte na produção.

Delegados da Opep esperam uma reunião difícil, e analistas estão divididos quanto ao resultado.

O ministro do Petróleo do Irã, Bijan Zanganeh, disse que irá encontrar-se com o ministro saudita Ali al-Naimi em Viena para discutir a fatia de mercado iraniana, já que Teerã pretende elevar suas exportações caso sejam suspensas as sanções contra o programa nuclear do país, segundo relato da agência de notícias oficial do Irã IRNA.

(Por Rania El Gamal e Michelle Moghtader)