Camex decide aplicar direito antidumping às importações de tubos de aço carbono da Ucrânia

segunda-feira, 24 de novembro de 2014 08:42 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu aplicar direito antidumping definitivo por um prazo de até cinco anos às importações brasileiras de tubos de aço carbono originários da Ucrânia, conforme resolução publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

A medida contempla os tubos de aço carbono sem costura, de condução, utilizados em oleodutos ou gasodutos, com diâmetro externo não superior a 5 polegadas nominais.

Para as empresas Interpipe Niko Tube e PJSC Interpipe será aplicada uma alíquota de 155,80 dólares por tonelada do produto, enquanto para as demais companhias ucranianas a taxa será de 708,60 dólares por tonelada.

A decisão foi tomada pela Camex após a Vallourec Tubos do Brasil ter protocolado em janeiro petição de início de investigação de dumping nas exportações para o Brasil de tubos de aço carbono da Ucrânia com essas especificações.

(Por Marcela Ayres)