Bolsas nos EUA fecham perto da estabilidade após dados econômicos mistos

terça-feira, 25 de novembro de 2014 20:15 BRST
 

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos encerraram perto da estabilidade nesta terça-feira, com dados mais fracos sobre a confiança do consumidor e os preços dos imóveis mantendo os investidores cautelosos, mesmo após dados mostrarem que a maior economia do mundo cresceu mais do que o esperado no terceiro trimestre.

O índice Dow Jones caiu 0,02 por cento, a 17.814 pontos, enquanto o S&P 500 teve perda de 0,12 por cento, a 2.067 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 0,07 por cento, a 4.758 pontos.

O S&P 500 atingiu pontuação máxima no intradia, perto de 2.075 pontos, e fechou com a 12ª alta das últimas 15 sessões.

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no terceiro trimestre veio muito mais forte do que o esperado, mas dados separados mostrando que a confiança do consumidor caiu para o menor patamar em cinco meses e mais uma moderação nas altas de preços de imóveis limitaram o desempenho dos índices acionários.

O volume de negócios foi mais baixo na sessão, com cerca de 6,1 bilhões de ações sendo negociadas, comparado com a média diária deste mês, de 6,36 bilhões. Os mercados acionários dos EUA ficarão fechados na quinta-feira e terão sessão reduzida na sexta-feira.

O diretor regional de investimento do U.S. Bank Wealth Management, Jeff Kravetz, disse que o apoio vindo de bancos centrais da Ásia e da Europa está avançando enquanto o do Federal Reserve recua, mas "ainda há preocupações sobre o crescimento global, não só na Europa, mas também em países emergentes".

Ações do setor de energia tiveram o desempenho mais fraco no S&P 500, com queda de 1,6 por cento. O contrato futuro do petróleo nos EUA caiu 2,5 por cento, para perto do menor patamar em mais de quatro anos, antes da reunião da Opep nesta semana.

As ações da Exxon Mobil caíram 1 por cento, a 94,78 dólares, enquanto as da Chevron caíram 1,2 por cento, a 116,15 dólares.

Os papéis da Apple atingiram o valor máximo de 119,75 dólares durante a sessão, atingindo brevemente um valor de mercado de 700 bilhões de dólares, o maior de Wall Street. A segunda maior empresa de capital aberto dos EUA, Exxon, tem valor de mercado de pouco superior a 400 bilhões de dólares. As ações da Apple fecharam em queda de 0,9 por cento, a 117,60 dólares.