Confiança do comércio cai 1% em novembro, diz FGV

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 08:33 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) recuou 1 por cento na média do trimestre encerrado em novembro, chegando a 110,6 pontos, segundo menor da série histórica iniciada em março de 2010, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.

“O resultado de novembro dá continuidade à tendência de queda da confiança do setor observada ao longo de todo o ano. Houve ligeira melhora da percepção com relação à demanda no mês, mas esta foi mais que compensada pelo pessimismo em relação aos meses seguintes, refletido no recorde negativo do Índice de Expectativas", afirmou o Superintendente Adjunto de Ciclos Econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr., em nota.

O IE-COM registrou queda de 2,3 por cento, para 135,9 pontos, mínima histórica, com o setor "desanimado com as perspectivas das vendas no período natalino e pouco confiante na continuidade da tendência, captada nos dois últimos meses, de melhora da demanda", escreveu a FGV.

Já o Índice de Situação Atual (ISA-COM) subiu 1,3 por cento em novembro frente a outubro, para 85,3 pontos, segundo mês seguido no azul.

O comércio não tem conseguido mostrar sinais de recuperação, em meio ao cenário de atividade econômica fraca e inflação elevada. As vendas no varejo brasileiro desaceleraram a alta mensal a 0,4 por cento em setembro, último dado disponível no IBGE, com pior desempenho em importantes atividades.

A pesquisa de confiança do comércio foi realizada pela FGV entre os dias 3 e 21 de novembro.

(Por Patrícia Duarte)