REPERCUSSÃO-Políticos avaliam anúncio de nova equipe econômica de Dilma

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 16:20 BRST
 

SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff anunciou quinta-feira, por meio de nota, os nomes que integrarão a equipe econômica em seu segundo mandato.

Foram nomeados Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda e Nelson Barbosa para o Planejamento. Dilma também anunciou a manutenção de Alexandre Tombini na presidência do Banco Central.

Veja abaixo as opiniões de parlamentares sobre as nomeações da presidente.

ALOYSIO NUNES (PSDB-SP), LÍDER DO PARTIDO NO SENADO

"São nomes tecnicamente respeitáveis. Nelson Barbosa e Joaquim Levy não rezam pela mesma cartilha de uma ala do PT vocalizada pelo ministro (da Casa Civil, Aloizio) Mercadante. Eu suspendo o meu julgamento para saber o que que eles vão fazer, quais são as medidas que vão adotar.

Ele (Levy) está habilitado para isso (mudar a política econômica), tem todas as condições técnicas e isso corresponde ao pensamento que ele tem manifestado e a ação que ele desenvolveu no governo Fernando Henrique e no primeiro mandato do Lula. Agora, repito, vamos esperar as medidas que a política econômica tomará para tirar o Brasil da crise que está."

EDUARDO BRAGA (PMDB-AM), LÍDER DO GOVERNO NO SENADO   Continuação...