Moody's rebaixa rating da dívida soberana do Japão

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 08:50 BRST
 

Por Leika Kihara e Stanley White

TÓQUIO (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody's rebaixou nesta segunda-feira o rating da dívida soberana do Japão em um patamar, para o nível A1, alegando um aumento nas incertezas sobre a capacidade do país cumprir sua meta de redução de débito.

O anúncio fez com que o iene tivesse a maior desvalorização em sete anos frente ao dólar, e empurrou o mercado futuro de títulos de 10 anos do governo japonês (JGB) para baixo em 10 pontos.

O agência norte-americana afirmou que a perspectiva é estável.

O rebaixamento ocorre menos de duas semanas antes de o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, buscar a reeleição numa eleição antecipada, em que suas políticas de estímulo econômico e sua decisão de adiar um aumento do imposto sobre vendas vão estar entre os principais temas de campanha.

A Moody's disse que a decisão de Abe de adiar o aumento do imposto, previsto para o ano que vem, pode ajudar a economia no curto prazo, mas tornou mais difícil para o Japão alcançar sua meta de equilibrar o orçamento até 2020.

"O déficit e a dívida do Japão continuam muito altos, e a consolidação fiscal vai se tornar cada vez mais difícil de se alcançar com o passar do tempo, devido os gastos do governo em crescimento, particularmente em programas sociais associados com a população em envelhecimento", disse a agência de rating.

 
Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, durante coletiva de imprensa em Tóquio. 21/11/2014. REUTERS/Yuya Shino