Senador Armando Monteiro é nomeado ministro do Desenvolvimento

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 17:50 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O senador Armando Monteiro Neto(PTB-PE) foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, informou a Presidência da República em nota.

Monteiro, que já presidiu a Confederação Nacional da Indústria (CNI), substituirá Mauro Borges no comando do ministério.

"A presidenta Dilma agradece a dedicação e lealdade do ministro Mauro Borges, que permanecerá no ministério até que esteja concluída a transição e a formação da nova equipe", afirmou a nota.

Monteiro leva o PTB, partido que não estava na aliança que reelegeu a presidente em outubro, à Esplanada do Ministérios. Candidato ao governo de Pernambuco na eleição deste ano, ele acabou derrotado no primeiro turno por Paulo Câmara (PSB).

Além de Monteiro, Dilma já anunciou na semana passada os nomes de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda e de Nelson Barbosa, para o Planejamento, além da manutenção de Alexandre Tombini na presidência do Banco Central.

Assim como Monteiro, Levy e Barbosa assumirão as pastas somente após um período de transição com a equipe econômica atual.

Também existe a expectativa de que Dilma confirme nos próximos dias o nome da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) para o Ministério da Agricultura. A senadora também é presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

 
Senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE), nomeado pela presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, concede entrevista coletiva no Palácio do Planalto, em Brasília. 01/12/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino