Empresária angolana lança oferta formal por Portugal Telecom SGPS

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 19:08 BRST
 

LISBOA (Reuters) - A empresária angolana Isabel dos Santos lançou formalmente nesta segunda-feira oferta pública de aquisição de ações (OPA) da Portugal Telecom SGPS, afirmou um porta-voz.

A oferta tem como objetivo travar a venda dos ativos portugueses da Portugal Telecom pela Oi, para o grupo europeu Altice por 7,4 bilhões de euros.

A OPA foi registrada apesar do fato de Oi e Altice terem concordado no domingo iniciarem negociações exclusivas para a venda dos ativos.

A oferta de Isabel, que também é filha do presidente de Angola, foi feita pela Terra Peregrin, controlada pela empresária. A proposta entregue mantém o preço de 1,35 euro por ação da Portugal Telecom SGPS anunciada em 9 de novembro, apesar do valor do papel estar atualmente em 1,4 euro.

A Portugal Telecom SGPS tem como ativos participação de 25,6 por cento da Oi e cerca de 900 milhões de euros em dívida não paga pela holding portuguesa Rioforte.

A maior parte do capital da Portugal Telecom SGPS está dispersa em investidores institucionais internacionais. O maior acionista individual da empresa, com fatia de 12,6 por cento do capital, é a instituição financeira portuguesa Novo Banco, criada após o colapso do BES neste ano. Em seguida aparecem Oi e o grupo português Ongoing, com 10 por cento cada.