Latam Airlines obtém crédito de US$366 mi para compra de aeronaves Airbus

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 21:16 BRST
 

SANTIAGO (Reuters) - A Latam Airlines, maior companhia aérea da América Latina, obteve empréstimo de 366 milhões de dólares para financiar a aquisição de mais de 30 aviões Airbus, disse nesta segunda-feira a Santander GBM, entidade que estruturou e participou do crédito.

A Latam Airlines, que inclui as operações da chilena LAN e da brasileira TAM, encontra-se em meio a um agressivo plano de renovação de sua frota de aviões, que inclui como parte de sua estratégia de modernização a compra de 31 aviões Airbus 321 e cinco Airbus 350.

O empréstimo ocorre sob a estrutura de financiamento conhecida como "Pre-Delivery Payment (PDP)", utilizada com frequência na indústria aeronáutica para a compra de novos aviões.

"O crédito permite financiar os pagamentos comprometidos com o fabricante antes da entrega dos aviões, que começará em 2014 e se estenderá até 2016", disse o Santander GBM em comunicado.

De fato, a LAN receberá na quinta-feira em sua base de manutenção do aeroporto internacional de Santiago seu primeiro Airbus A321, com o qual espera reduzir o consumo de combustível e melhorar a qualidade de viagem de seus passageiros.

Esse crédito é o maior sob a modalidade PDP que a Latam Airlines contratou para a aquisição de aviões Airbus, segundo o Santander GBM.

"Nosso plano é ambicioso e envolve uma mudança de padrão tecnológico, mais que um aumento significativo de nossa capacidade", disse Andrés Osorio, gerente de finanças corporativas da Latam Airlines.

A companhia aérea, com matriz em Santiago e unidades de operação em Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru, planeja investir 5,11 bilhões de dólares entre este ano e 2018.

A Latam Airlines, que teve prejuízo de 107,8 milhões de dólares no terceiro trimestre, espera uma margem operacional de 4 e 5 por cento este ano.

(Por Antonio de la Jara)