Minério de ferro volta a cair abaixo de US$70/t no mercado à vista

terça-feira, 2 de dezembro de 2014 11:02 BRST
 

(Reuters) - O minério de ferro no mercado à vista asiático teve queda de 1,2 por cento nesta terça-feira, após três altas consecutivas, voltando a operar abaixo de 70 dólares a tonelada, num mercado que atua pressionado por excesso de oferta.

O minério de ferro fechou a 69,70 dólares por tonelada, após cair para 68 dólares na semana passada, seu nível mais baixo desde junho de 2009.

As principais produtoras globais --Rio Tinto, BHP Billiton e Vale-- reportaram recorde de produção de minério de ferro em seus últimos relatórios trimestrais, o que coloca pressão nas cotações.

"É difícil identificar quaisquer fatores que apoiam os preços do minério de ferro no curto prazo", afirmou o diretor da empresa de investimento Deltec International Group, Atul Lele, em um relatório.

"Enquanto o estímulo monetário recente chinesa deve ser bem-vindo, a questão permanece se vai apoiar os mercados imobiliários e os preços do minério de ferro...", afirmou Lele.

A Deltec estima que o setor imobiliário da China responda por cerca de 40 por cento do consumo de aço dos chineses, os maiores importadores globais de minério.

O corte da taxa de juros da China em 21 de novembro não deve ser grande suporte para o setor imobiliário, uma vez que as vendas caíram e os bancos controlam empréstimos para o setor.

A grande oferta das mineradoras de baixo custo na China, em um momento em que a economia chinesa esta mais lenta, reduziu os preços do minério de ferro em cerca de 50 por cento neste ano.

(Redação São Paulo, com Manolo Serapio Jr, em Cingapura)

 
Uma escavadora gigante carrega um caminhão com minério de ferro. 02/12/2013 REUTERS/David Gray