Carga de energia no Brasil sobe 2,3% em novembro sobre um ano antes

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 11:40 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A carga de energia elétrica no Brasil subiu 2,3 por cento em novembro sobre igual mês do ano passado, mas caiu 1 por cento ante outubro, segundo boletim mensal preliminar divulgado nesta quarta-feira pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Segundo o ONS, a performance foi influenciada pelo "modesto desempenho da carga industrial do Sudeste, cuja participação na carga industrial do Sistema Interligado Nacional (SIN) é de cerca de 60 por cento". O avanço da carga na região no mês passado foi de 0,9 por cento no comparativo anual.

Em termos ajustados, que excluem efeitos de temperaturas atípicas e de calendário, a carga de novembro no SIN subiu 1,4 por cento em novembro sobre um ano antes, enquanto no Sudeste permaneceu estável.

O ONS citou dados de sondagem da indústria de transformação realizada pela Fundação Getúlio Vargas que afirma que o nível de utilização de capacidade instalada em novembro foi de 82,7 por cento, ainda "distante da média histórica recente de 84,1 por cento e inferior ao observado no mesmo mês do ano anterior, quando foi de 84,3 por cento".

Na semana passada, o ONS estimou que a carga de energia elétrica no Brasil em dezembro deve apresentar crescimento de 3,5 por cento ante o mesmo mês de 2013. Para a região Sudeste é esperada evolução de 3,7 por cento.

(Por Marcela Ayres e Alberto Alerigi Jr.)