CMSE reduz risco de déficit de energia no Sudeste para 4,2% em 2015

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 17:43 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O risco de déficit de eletricidade nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil em 2015 caiu de 5 para 4,2 por cento, segundo nota divulgada nesta quarta-feira pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE).

Segundo o colegiado formado por membros do membros do Ministério de Minas e Energia e outros órgãos do setor como Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), em novembro choveu ligeiramente acima da média histórica no oeste do Estado de São Paulo e no centro-sul de Minas Gerais.

(Por Leonardo Goy)