4 de Dezembro de 2014 / às 19:59 / em 3 anos

Caso Petrobras pode criar oportunidades de negócios em governança, diz Deloitte

SÃO PAULO (Reuters) - O impacto das investigações de corrupção na Petrobras deve criar oportunidades de negócios em assessoria para assuntos de governança corporativa e controles internos para grandes empresas, disse nesta quinta-feira o presidente-executivo da Deloitte no Brasil, Juarez Lopes de Araújo.

“Acredito que esse episódio vai levar muitas companhias a procurarem ajuda para melhorar seus controles”, disse Araújo a Reuters.

Serviços de assessoria a empresas, incluindo temas como gestão tributária, governança e controles internos representam 68 por cento das receitas da companhia no Brasil, que estão crescendo cerca de 12 por cento neste ano ante 2013, disse Araújo. O braço de auditoria externa responde pelos 32 por cento restantes. A empresa não divulga seus resultados no Brasil.

Segundo o executivo, outros segmentos de mercado que devem ser carros-chefes da Deloitte no país em 2015 serão relacionados à busca das empresas para lidar com o fraco crescimento da economia do país, em operações como fusões e ganho de produtividade.

“Os preços dos ativos caíram bastante no Brasil recentemente e isso tem criado muitas oportunidades para investidores estratégicos, como fundos de private equity”, disse.

A Deloitte compõe o grupo das quatro maiores firmas de auditoria do mundo, do qual também fazem parte KPMG, Ernst & Young e PricewaterhouseCoopers.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below