Wall St fecha em leve queda após BCE manter incertezas sobre novos estímulos

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014 20:43 BRST
 

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em leve queda nesta quinta-feira, após o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, ter desconsiderado pressões para adotar imediatamente novas medidas de política monetária.

O índice Dow Jones caiu 0,07 por cento, a 17.900 pontos, enquanto o S&P 500 teve perda de 0,12 por cento, a 2.071 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq caiu 0,11 por cento, a 4.769 pontos.

As perdas do dia foram pequenas, mas generalizadas, com sete dos dez principais setores do S&P 500 terminando o dia em território negativo e nenhum setor subindo mais que 0,3 por cento.

Draghi disse que o BCE voltará a avaliar o impacto de sua política de estímulos no início de 2015 e tomará novas medidas se necessário, mas não mencionou um cronograma específico.

Durante a sessão, o S&P 500 chegou a cair 0,6 por cento, mas desacelerou as perdas, ficando temporariamente no campo positivo. O Dow Jones atingiu recorde intradia.

"Eu não estava esperando muito do BCE, que não quer se comprometer neste momento, mas, eventualmente, nós precisaremos ver ação, não só palavras", disse o estrategistra-chefe de investimento do Advisors Asset Management, Matt Lloyd.

O BCE se reuniu sob crescente pressão para agir de forma a evitar que a economia do bloco entre em recessão. O banco já cortou as taxas de juros, ofereceu empréstimos baratos aos bancos e começou a comprar dívida para acelerar os empréstimos e impulsionar o crescimento.

"Nós esperamos que mais estímulos eventualmente aconteçam e isso vai realmente ajudar a economia europeia", disse Lloyd.

As perdas do dia foram concentradas em ações do setor de energia, sendo que o índice do setor perdeu 0,8 por cento, acompanhando a queda de 1 por cento dos preços do petróleo.

As ações da Microsoft subiram 1,6 por cento, a 48,84 dólares, limitando a queda nos principais índices acionários dos EUA. Mais cedo, a Barnes & Noble fechou um acordo para comprar a fatia da Microsoft na Nook Media, em uma operação avaliada em 125 milhões de dólares. As ações da Barnes caíram 5,4 por cento, a 21,03 dólares.