FCStone aponta queda de 5% na safra de milho do Brasil 14/15

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014 10:58 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deverá colher 74,3 milhões de toneladas de milho na temporada 2014/15, queda de 5 por cento na comparação com a safra anterior, sob o impacto do recuo no plantio, com produtores favorecendo a soja no verão devido a melhores preços, apontou a consultoria INTL FCStone nesta sexta-feira.

A FCStone reduziu a sua projeção para 14/15 em mais de 2 milhões de toneladas na comparação com a estimativa de novembro.

"Para a safra de verão, houve uma redução da área plantada, devido a uma revisão na área do Sudeste, onde a safrinha tem crescido e a soja tem ganhado espaço sobre o milho no verão", afirmou em nota.

Além da redução de área da primeira safra, a FCStone citou "grande indefinição" com o plantio de inverno (segunda safra).

A consultoria ressaltou que "houve atrasos no plantio da soja, o que deve deixar a janela de plantio do milho safrinha mais apertada".

Dessa forma, continuou a FCStone, "mesmo com a recuperação recente dos preços, muitos produtores devem investir menos nas lavouras".

A primeira safra 14/15 foi estimada em cerca de 30 milhões de toneladas, ante 30,4 milhões de toneladas na projeção de novembro e contra 31,6 milhões na temporada passada.

Já a segunda safra foi projetada em 44,3 milhões de toneladas, ante cerca de 46 milhões de toneladas em novembro e 46,5 milhões de toneladas no ciclo 2013/14.

  Continuação...