ONS reduz previsão de carga de energia no Brasil em dezembro

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014 15:40 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) reduziu nesta sexta-feira perspectiva para a evolução de carga de energia no país e de nível de represas hidrelétricas da região Sudeste/Centro-Oeste ao final de dezembro.

Segundo do ONS, a expectativa da carga neste mês passou para crescimento de 3,3 por cento sobre dezembro do ano passado ante estimativa da semana passada de alta de 3,5 por cento.

A previsão para a região Sudeste/Centro-Oeste é que a carga subirá em dezembro 2,8 por cento sobre um ano antes, enquanto Sul deve apurar avanço de 4,7 por cento e o Nordeste crescimento de 5,3 por cento. O Norte deve ver recuo de 0,7 por cento, segundo o boletim do ONS.

A taxa do subsistema Sudeste/Centro-Oeste "representa a expectativa de aumento do consumo das classes residencial e comercial, com uso intensivo de equipamentos de refrigeração, componente que vem ganhando participação crescente na carga", afirmou o ONS no boletim. No Sul, as taxas são explicadas também por aumento do ritmo da produção industrial na região.

Já sobre o nível das represas de hidrelétricas, o ONS espera que o patamar de operação na região Sudeste/Centro Oeste seja de 22,1 por cento no final de dezembro ante 24,3 por cento na estimativa da semana passada. Para o Nordeste, a expectativa é de nível de operação de reservatórios em 22,3 por cento, acima da previsão anterior de 21,3 por cento.

O ONS estima chuvas no Sudeste/Centro-Oeste em 94 por cento da média histórica em dezembro e de 83 por cento da média para o Nordeste.

(Por Alberto Alerigi Jr.)