Dow Jones e S&P 500 atingem novas máximas após dados do mercado de trabalho dos EUA

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014 19:47 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Os índices Dow Jones e S&P 500 fecharam em novas pontuações máximas nesta sexta-feira e registraram a sétima semana seguida de alta, após dados fortes do mercado de trabalho indicarem um crescimento econômico saudáve dos Estados Unidos.

O índice Dow Jones subiu 0,33 por cento, a 17.958 pontos, enquanto o S&P 500 teve ganho de 0,17 por cento, a 2.075 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 0,24 por cento, a 4.780 pontos.

Na semana, o Dow Jones subiu 0,7 por cento e o S&P 500 teve alta de 0,4 por cento. Esta foi a sétima semana seguida de altas, um sequência até então inédita para os dois índices. O Nasdaq caiu 0,2 por cento na semana.

Ações do setor bancário e de outras setores relacionados ao ritmo econômico subiram nesta sessão, enquanto a fraqueza nos preços do petróleo pesaram nas ações de energia.

Em novembro, foram abertas 321 mil vagas de trabalho nos EUA, muito acima da estimativa de 230 mil, enquanto a taxa de desemprego ficou estável em 5,8 por cento, na mínima em seis anos.

O relatório do mercado de trabalho superou as expectativas, mas também elevou as chances de que os juros nos EUA subam antes do esperado.

O diretor de investimento do Fiduciary Trust Company International, Ronald Sanchez, disse que o número foi "inacreditavelmente forte", mas que isto "poderia significar algumas mudanças nas recomendações de política monetária do Fed. Junho de 2015 está de volta à mesa sobre quando a taxa de juros poderia subir".

O índice do setor financeiro subiu 1 por cento, uma vez que juros mais altos poderiam impulsionar os lucros do setor. As ações do Bank of America subiram 2,7 por cento, a 17,68 dólares, enquanto as do Goldman Sachs ganharam 1,8 por cento, a 195,45 dólares, impulsionando o Dow Jones.

O grupo de energia caiu 1,2 por cento, acompanhando a queda nos preços do petróleo.