Wall Street fecha em forte queda com temores sobre Grécia

segunda-feira, 29 de junho de 2015 17:49 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O mercado acionário dos Estados Unidos fechou em forte queda na segunda-feira, depois que o colapso nas negociações de resgate à Grécia ampliou os temores de que o país seja o primeiro a deixar a zona do euro.

O índice Dow Jones terminou o dia em queda de 1,95 por cento, aos 17.596 pontos. O Standard & Poor's 500 recuou 2,09 por cento, para 2.057 pontos, e o indicador de tecnologia Nasdaq perdeu 2,4 por cento, a 4.958 pontos.

A crise em Atenas piorou depois que uma autoridade do governo grego disse que o país não pagaria dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI) na terça-feira. O Banco Central Europeu BCE) congelou o financiamento a bancos gregos, forçando Atenas a fechar as instituições financeiras do país por uma semana para evitar um colapso.

O índice Dow Jones entrou em território negativo no acumulado do ano. A última vez que esse índice teve um declínio anual foi em 2008, no auge da crise financeira e econômica global.

Embora a economia da Grécia seja pequena e as empresas norte-americanas tenham exposição mínima ao país, investidores estão preocupados com os estragos na Europa decorrentes da eventual saída de Atenas da zona do euro.

As bolsas de valores dos EUA foram pressionadas ainda nesta sessão pela queda das ações na China, apesar de um surpreendente movimento de alívio monetário pelo banco central na segunda maior economia do mundo. Investidores também mostraram temores com problemas de dívida de Porto Rico.

(Por Caroline Valetkevitch)