Não houve movimento da Grécia após propostas de última hora da UE, diz Comissão

terça-feira, 30 de junho de 2015 08:04 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A Grécia ainda não tomou nenhuma atitude em resposta à oferta de última hora de credores para negociar um acordo com o objetivo de acabar com o impasse sobre a crise da dívida grega, disse a Comissão Europeia nesta terça-feira.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, falou por telefone com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, na noite da segunda-feira e Juncker, após falar com o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, explicou o que poderia ser o acordo, disse o porta-voz da Comissão Margaritis Schinas a repórteres.

"Isso exigiria uma movimentação do governo da Grécia que o presidente Juncker pediu antes da meia-noite de ontem. Enquanto falamos agora, esta atitude não foi tomada, registrada, e agora o tempo está se esgotando", disse Schinas.

Contatos com o governo da Grécia estão, no entanto, sendo realizados nesta terça-feira, afirmou Schinas.

(Por Adrian Croft)

 
Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, durante discurso em Bruxelas.   29/06/2015   REUTERS/Yves Herman