Confiança da indústria cai 4,9% em junho e renova menor nível da série, diz FGV

terça-feira, 30 de junho de 2015 08:24 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança da Indústria (ICI) brasileira recuou 4,9 por cento em maio e renovou o menor nível da série iniciada em outubro de 2005 ao mostrar fraqueza pelo quinto mês seguido.

O ICI caiu a 68,1 pontos em junho, contra 71,6 pontos em maio, quando teve queda de 1,6 por cento na comparação com o mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

"Embora os indicadores que retratam a situação presente dos negócios estejam caindo mais fortemente em junho, chama atenção a piora das expectativas, levando a um elevado grau de pessimismo em relação ao horizonte de três a seis meses", disse o superintendente adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr, em nota.

O Índice da Situação Atual (ISA) perdeu 5,6 por cento e chegou a 70,4 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE) recuou 4,2 por cento, a 65,8 pontos. Ambos também chegaram ao menor nível da série.

Por sua vez, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada teve queda de 0,8 ponto percentual, chegando a 78,2 por cento em junho, o menor patamar desde abril de 2009 (78 por cento).

A fraqueza da produção industrial brasileira intensificou-se no início do segundo trimestre com queda de 1,2 por cento em abril na comparação com o mês anterior, com destaque para a debilidade dos investimentos.

(Por Camila Moreira)