Premiê espanhol diz que saída da Grécia pode enviar mensagem de que euro é reversível

terça-feira, 30 de junho de 2015 08:52 BRT
 

MADRI (Reuters) - O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, disse nesta terça-feira que a saída da Grécia da zona do euro poderia enviar uma mensagem de que a união de moeda única é reversível e abrir a possibilidade de que outros países possam seguir o mesmo caminho.

A Grécia caminhava para o calote nesta terça-feira de um pagamento crucial ao Fundo Monetário Internacional (FMI), agravando sua crise financeira antes do referendo de domingo acerca de um acordo de resgate que Atenas rejeitou. Os parceiros europeus da Grécia dizem que a votação seria uma escolha sobre ficar ou não na zona do euro.

"O que aconteceria se a Grécia saísse do euro? Haveria uma mensagem negativa de que a associação ao euro é reversível", disse Rajoy em entrevista em rádio.

"As pessoas podem achar que se um país pode deixar o euro, outros podem fazê-lo no futuro. Acredito que este é o problema mais sério que pode surgir (de uma saída da Grécia)."

(Por Sonya Dowsett e Paul Day)